Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Funcionária de lar é a sexta vítima mortal com coronavírus em Reguengos de Monsaraz

Mulher tinha cerca de 40 anos. Morreu nos cuidados intensivos do hospital de Évora.
Lusa 1 de Julho de 2020 às 13:36
Alerta em Reguengos com 62 casos positivos do novo coronavírus
Alerta em Reguengos com 62 casos positivos do novo coronavírus
Uma funcionária do lar de Reguengos de Monsaraz onde surgiu um foco de covid-19 morreu hoje no hospital de Évora, onde estava internada, aumentando para seis o número de óbitos na instituição, informou hoje o município.

A mulher, com cerca de 40 anos e que anteriormente tinha testado positivo para a covid-19, morreu "ao início da manhã na Unidade de Cuidados Intensivos covid-19 do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE)", indicou a câmara municipal, em comunicado.

Trata-se da sexta vítima mortal na sequência do foco registado no lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva (FMIVPS) e a primeira entre os funcionários da instituição que testaram positivo para o novo coronavírus SARS-CoV-2.

O concelho de Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, regista o maior surto de covid-19 do Alentejo, contabilizando seis mortes e 140 casos ativos.

No comunicado, assinado pelo presidente da câmara e Autoridade Municipal da Proteção Civil, José Calixto, é referido que a autarquia já transmitiu "sentidas condolências à família enlutada" e que a irá "acompanhar e apoiar num momento dramático".

A primeira vítima mortal deste surto foi um homem com cerca de 70 anos (no dia 24), seguindo-se uma mulher de 92 anos (dia 25). Quanto aos idosos hospitalizados, no sábado, morreu uma mulher de 82 anos, a que se seguiram os óbitos de mais duas idosas na segunda-feira, uma de 91 anos, anunciado no próprio dia de manhã, e a de 89 anos, cuja morte foi divulgada na terça-feira.

Quanto à situação epidemiológica no concelho de Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, segundo o comunicado de hoje, que tem dados até ao final de terça-feira, a câmara atualizou para 140 o número total de casos ativos, mais cinco do que no dia anterior, todos relacionados com o surto detetado no dia 18 de junho no lar da FMIVPS.

Deste total, registam-se 96 na FMIVPS, dos quais 23 entre os trabalhadores (mais um) e os restantes 73 (mais três) entre utentes, além de 44 na comunidade (mais um).

"Estes números verificam-se num universo de cerca de 1.330 testes com resultado conhecido" até terça-feira, dia em que "foram conhecidos resultados de aproximadamente 80 testes", sublinhou o município, prevendo para hoje e quinta-feira a realização de "mais cerca de 200 testes".

No HESE, adiantou, encontram-se internados 11 utentes do lar da FMIVPS, dos quais três estão nos cuidados intensivos, sendo que os profissionais que testaram positivos estão todos a recuperar nas suas residências.

Portugal contabiliza pelo menos 1.576 mortos associados à covid-19 em 42.141 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Évora Reguengos de Monsaraz acidentes e desastres coronavírus covid-19 morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)