Gaia vai rejeitar competências para analisar descentralização em 2019

Presidente da câmara pretende "estudar o dossier com tempo e sem precipitações".
Por Lusa|15.09.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O presidente da câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, vai informar a vereação de que não pretende aderir à descentralização antes de 2020 para "estudar o dossier com tempo e sem precipitações".

Em declarações à agência Lusa a propósito da reunião de câmara de segunda-feira, Eduardo Vítor Rodrigues disse que "embora esta semana tenham sido aprovados os primeiros diplomas setoriais, falta conhecer o conteúdo dos restantes" e apontou que as datas para análise obrigam a "um contrarrelógio" que tem "riscos".

"Em 2019 vamos analisar tudo e montar os procedimentos para verificar se em 2020 temos condições. Temos de fazer com tempo e sem precipitações. Foram quatro anos a lutar para colocar as contas no verde, não posso agora aventurar-me e correr o risco de ficar com pesos financeiros que não sei neste momento calcular", disse Eduardo Vítor Rodrigues.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!