Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Gordon afasta-se dos Açores sem provocar danos

O furacão Gordon diminui de intensidade nas últimas horas, estando a afastar-se do arquipélago dos Açores, sem ter provocado danos significativos ou vítimas na sua passagem pelas ilhas de São Miguel e Santa Maria.
20 de Agosto de 2012 às 09:28
Imagem de satélite do furacão Gordon sobre o arquipélago dos Açores
Imagem de satélite do furacão Gordon sobre o arquipélago dos Açores FOTO: Lusa

"Já é tempestade tropical, já se está a afastar do arquipélago. Em termos de precipitação, praticamente já não haverá precipitação referente ao furacão", afirmou o meteorologista Pedro Mata.

Referindo que o furacão "passou mais perto de Santa Maria do que de São Miguel", o especialista assinalou como valores máximos registados nas estações do Instituto de Meteorologia uma rajada de 143 quilómetros por hora em Santa Maria e uma precipitação de 70 litros/m2.

Em São Miguel, na estação do aeroporto de Ponta Delgada, a rajada máxima do vento atingiu os 95 quilómetros por hora e a precipitação atingiu os 80 litros/m2 no nordeste.

"É natural que haja rajadas superiores na parte leste da ilha, que terá sido a mais afectada, mas nós não temos lá estação", explicou o meteorologista.

Prevendo que nas próximas horas se continuem a sentir rajadas fortes, tanto em Santa Maria como em São Miguel, Pedro Mata acredita que gradualmente a intensidade do vento vai diminuir muito.

"Não pensamos que atinja, pelo menos em Santa Maria, os valores que já atingiu durante a madrugada", salientou.

Segundo Pedro Carvalho, presidente da Protecção Civil dos Açores, o "balanço, até agora, é positivo", já que "as pessoas encararam os avisos com seriedade" e o dispositivo montado pela Protecção Civil "cumpriu o seu papel".

Até agora nenhum incidente significativo em São Miguel relacionado com a passagem do Gordon. As Furnas e em Vila Franca do Campo foram momentaneamente afectadas pela falta de energia. A Protecção Civil registou ainda uma queda de árvore e pequenas inundações, que não provocaram problemas dignos de referência.

furacão tempestade tropical gordon vento rajadas mau tempo protecção civil santa maria são miguel açores
Ver comentários