Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Governo admite ser necessário mais "criatividade" na saúde

O secretário da Saúde açoriano reconheceu este Domingo a necessidade de "se ser mais criativo ao nível orçamental" para garantir a satisfação das "prioridades" no sector, assegurando, porém, a continuação da ajuda pública às associações que prestam apoio aos doentes.
28 de Outubro de 2012 às 17:40
O secretário da Saúde açoriano reconheceu este Domingo  a necessidade de "se ser mais criativo ao nível orçamental"
O secretário da Saúde açoriano reconheceu este Domingo a necessidade de 'se ser mais criativo ao nível orçamental' FOTO: d.r.

"Desde que representem todos os seus membros e sejam legítimas as suas aspirações verão sempre recompensada a sua actividade", afirmou Miguel Correia, em declarações aos jornalistas na cerimónia de comemoração, em Ponta Delgada, do sétimo aniversário da Associação de Doentes de Dor Crónica dos Açores.

O secretário regional da Saúde sublinhou também a particular atenção atribuída pelo executivo açoriano à problemática da dor, realçando o funcionamento de consultas da especialidade nos três hospitais do arquipélago.

Essas consultas tiveram início com o arranque do Programa Regional de Controlo da Dor, cuja implementação determinou a realização de diversas acções de formação específica, referiu Miguel Correia, ao sustentar que a "dor crónica é uma situação muito debilitante para qualquer pessoa".

Cristina Tavares, presidente da Associação de Doentes de Dor Crónica dos Açores, destacou, por seu lado, o empenho de numerosos voluntários no funcionamento da instituição.

"Estamos em crise, é verdade, vamos então apelar ao coração das pessoas", considerou, indicando que os cerca de 100 sócios da instituição ocupam os seus dias em actividades tão variadas com a pintura, os bordados ou a prática de exercício.

Segundo Cristina Tavares, o grande problema detectado entre os portadores da patologia da dor crónica é "falta de paciência" que evidenciam para sair de casa.

A associação procura motivá-los, recorrendo "a jovens que, ao garantirem a energia de juventude, fazem com que arrebitem", referiu.

Açores Governo Saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)