Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Governo controla receitas de medicamentos no privado

Ministro Paulo Macedo anuncia mais investimento nos tratamentos das infertilidades
10 de Outubro de 2013 às 08:04
O ministro da Saúde, Paulo Macedo, foi ao Parlamento explicar medidas implementadas no setor
O ministro da Saúde, Paulo Macedo, foi ao Parlamento explicar medidas implementadas no setor FOTO: Tiago Petinga/Lusa

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, afirmou ontem, na audição da Comissão Parlamentar da Saúde, que pretende avançar com medidas que visam um maior controlo na prescrição e venda de medicamentos, em especial os que são prescritos no setor privado.

Paulo Macedo afirmou aos deputados que o consumo de "antibióticos e antidepressivos deve diminuir". Em causa está o problema das resistências das bactérias aos antibióticos, problema de saúde pública que tem vindo a aumentar em Portugal, à semelhança do que acontece noutros países, e que o Governo pretende controlar.

O governante sublinhou ainda que "houve duas exceções" no cumprimento das recomendações da troika: "Não cumprimos o valor do aumento das taxas moderadoras e houve uma diminuição do preço dos medicamentos, o que fez baixar os custos para os doentes", disse.

Um outro anúncio feito por Paulo Macedo no Parlamento refere-se a um maior apoio aos casais inférteis. Segundo o governante, o Hospital de Santa Maria está a fazer obras para aumentar a capacidade de resposta para a procriação medicamente assistida, podendo vir a aumentar o número de tratamentos em 2014. Também o Centro Hospitalar Universitário de Coimbra e o Centro Materno Infantil, no Porto, irão aumentar a capacidade de resposta ao tratamento da infertilidade.

O secretário de Estado da Saúde, Manuel Teixeira, que também esteve no Parlamento, afirmou que a dívida vencida (a mais de 90 dias) do Serviço Nacional de Saúde aos fornecedores em 2012 era superior a dois mil milhões. Em agosto, a dívida baixou para os 1338 milhões de euros, mas, até final do ano, segundo o governante, irá baixar mais e atingirá "valores historicamente baixos".

Paulo Macedo Ministro da Saúde medicamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)