Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Governo quer ter agência espacial

Objetivo é “estimular a presença de Portugal no Espaço”.
Bernardo Esteves 2 de Dezembro de 2016 às 08:33
Agência Espacial
Agência Espacial FOTO: Lusa
Portugal quer criar uma agência espacial já no próximo ano e fazer dos Açores um porto espacial para lançamento de satélites. O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) anunciou um aumento de 30,5 milhões de euros de investimento nos próximos seis anos na subscrição nacional na Agência Espacial Europeia (AEE).

Com esta subida de 55,5 para 86 milhões de euros, as empresas e instituições nacionais vão poder participar em novos programas. Os Açores assumem papel central nesta estratégia. Segundo o ministro Manuel Heitor, este aumento de verbas destina-se sobretudo "a assegurar a participação de Portugal em programas de observação atlântica e de lançadores de novos satélites".

O objetivo é "explorar o potencial dos Açores para albergar um porto espacial e permitir a entrada de instituições e empresas de Portugal no desenvolvimento de pequenos lançadores, designadamente no âmbito do futuro Centro de Investigação Internacional do Atlântico", refere o MCTES. Portugal vai também reforçar a colaboração em "grandes projetos europeus de exploração, com contributos tecnológicos, nomeadamente para as missões a Marte".

O ministro Manuel Heitor diz que "um dos principais desafios" para 2017 será criar, "com as empresas", uma agência espacial portuguesa. O ministro participou ontem em Lucerna, na Suíça, no conselho ministerial da AEE, que aprovou o reforço da subscrição portuguesa.
Portugal Açores Agência Espacial Europeia AEE agência espacial
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)