Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Governo regional não revela casos

O secretário dos Assuntos Sociais da Madeira, Francisco Jardim Ramos, recusou, ontem, actualizar o número de pessoas atingidas com dengue, e salientou que "as pessoas que foram infectadas pelo dengue estão a ser tratadas com eficácia, e a evolução clínica é favorável", sendo que todas as situações do vírus se reportam ao serotipo I ( o menos perigoso).
7 de Outubro de 2012 às 01:00
Acção médica de combate ao dengue está concentrada no Hospital Nélio Mendonça, no Funchal
Acção médica de combate ao dengue está concentrada no Hospital Nélio Mendonça, no Funchal FOTO: Hélder Santos

Questionado se nos próximos dias haverá um novo balanço sobre o número de pessoas que contraíram dengue, Francisco Jardim Ramos declarou: "São situações clínicas dinâmicas, não vale a pena estar a adiantar números de manhã, à tarde e à noite." O governante acrescentou que só após o fim do surto de dengue é que será feito o balanço. Na sexta-feira, o presidente do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira, Miguel Ferreira, revelou a existência na região de 34 pessoas infectadas com dengue. Ontem de manhã, cinco dos doentes estavam internados no hospital do Funchal.

O calor e a humidade são factores favoráveis para a multiplicação de mosquitos. O Instituto de Meteorologia emitiu, entretanto, alerta amarelo para a Madeira devido à previsão para hoje e amanhã de 29 graus de temperatura máxima no Funchal.

MADEIRA HOSPITAL DOENTES DENGUE MOSQUITO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)