Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Greve de Magistrados do MP ronda os 90%

Sindicato dos Magistrados do Ministério Público fala em "sinal de união dentro do MP".
25 de Novembro de 2013 às 12:47

Perto de 90% dos magistrados do Ministério Público aderiram à greve desta segunda-feira, uma adesão que para o sindicato é "fortíssima" e um "inequívoco sinal da união", refere um comunicado do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP).

"É já certo que a paralisação dos magistrados do Ministério Público ronda os 90%", lê-se num comunicado do SMMP, que "esta fortíssima adesão é inequívoco sinal de união dentro do Ministério Público".

Em causa nesta jornada de protesto com greve está, segundo o sindicato, a "dignificação do sistema de justiça, do estatuto socioprofissional dos magistrados, da independência do poder judicial e do Estado Social de Direito".

Convocada pelo Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP), a greve nacional abrange um universo de quase 1.400 magistrados do Ministério Público (MP) e decorre entre as 09:00 e as 17:00, estando assegurados os serviços mínimos, como a concessão de liberdade a presos, assuntos relacionados com menores de idade e autópsias resultantes de acidentes de trabalho.

greve magistrados Ministério Público paralisação SMMP MP
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)