Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Há 26 concelhos em risco extremo devido ao número de casos de Covid-19. Saiba quais

41 concelhos registaram menos 119 ocorrências por 100 mil habitantes.
Lusa 28 de Dezembro de 2020 às 17:23
Coronavírus
Coronavírus FOTO: Rui Minderico
Um total de 26 concelhos registaram uma taxa de incidência de casos acumulados de infeção pelo novo coronavírus superior a 960 casos por 100 mil habitantes, entre 07 e 20 de dezembro, menos quatro em relação ao registo anterior.

Estes 26 concelhos são considerados como estando em risco extremo devido ao elevado número de casos de infeção.

Entre os concelhos mais fustigados pelo número de infeções pelo novo coronavírus está o Vimioso, com 3.207 casos por 100 mil habitantes, seguido de Castelo de Vide com 2.398/100 mil habitantes, Marvão com 2.396/100 mil habitantes e Mourão com 2.286.

No boletim de 21 de dezembro (o último com estes dados revelados semanalmente) estes eram também os três concelhos com maior taxa de incidência de casos. Vimioso registou agora mais uma subida uma vez que os dados anteriores davam conta de 2.908 casos por 100 mil habitantes assim como Castelo de Vide que passou de 2.364 para 2.398.

Marvão registou uma descida passando de 2.862 para 2.396.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa "corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada".

Com zero casos de infeção estão nove concelhos: Alcoutim, Lajes das Flores, Lages do Pico, Santa Cruz das Flores, Barrancos, Nordeste, S.Roque do Pico, Corvo e Vila Nova de Paiva.

Um total de 41 concelhos registaram menos 119 ocorrências por 100 mil habitantes.

Portugal iniciou no domingo a primeira fase de vacinação contra a covid-19, com o primeiro lote de 9.750 doses da vacina desenvolvida pela Pfizer-BioNTech a ser distribuída pelos profissionais de saúde.

O estado de emergência, decretado em 09 de novembro, foi renovado até 07 de janeiro, com recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado.

Na noite de passagem de ano haverá recolher obrigatório a partir das 23:00 e nos dias 01, 02 e 03 de janeiro a partir das 13:00.

A proibição de circulação na via pública vigorará a partir das 23:00 na noite de passagem do ano e a partir das 13:00 nos dias 01, 02 e 03 de janeiro.

As medidas aplicam-se a todos os concelhos de Portugal continental.

O boletim de hoje revela que nas últimas 24 horas morreram 58 pessoas com a covid-19 e que foram registados 2.093 novos casos de infeção com o novo coronavírus.

Os dados apontam também que estão internadas 2.967 pessoas, mais 97 do que no domingo, das quais 503 em cuidados intensivos, ou seja, menos uma.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 6.677 mortes e 396.666 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 68.307, mais 99 do que no domingo.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.765.049 mortos resultantes de mais de 80,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários