Barra Medialivre

Correio da Manhã

Sociedade
2
Siga o CM no WhatsApp e acompanhe as principais notícias da atualidade Seguir

Há mais 42 casos de abuso sexual na Igreja

Grupo Vita recebeu um pedido de ajuda por parte de um agressor.
Bernardo Esteves 3 de Dezembro de 2023 às 01:30
Igreja
Igreja
O Grupo Vita identificou mais 42 situações de abuso sexual nas estruturas da Igreja Católica e enviou 15 casos para a Procuradoria-Geral da República (PGR) e para a Polícia Judiciária. Os dados foram avançados pela psicóloga Rute Agulhas, coordenadora da estrutura autónoma criada pelos bispos para prevenir situações de abuso sexual na Igreja e acompanhar as vítimas. A Comissão Independente já tinha anunciado em fevereiro que 4815 crianças foram abusadas e enviou 25 casos para a PGR.

Em entrevista à Antena 1, a responsável adiantou que “em muitas situações o suspeito” já faleceu, daí nem todos os casos serem enviados às autoridades. Novidade é ter sido recebido um pedido de ajuda por parte de um agressor, bem como um caso de abusos cometidos por uma freira. Em outubro, o Grupo Vita tinha recebido 62 pedidos de ajuda, mas os números subiram. Os novos dados serão revelados dia 12, data em que será também divulgado um manual de prevenção da violência sexual sobre crianças e adultos vulneráveis no contexto da Igreja Católica em Portugal.

Maus-tratos Portugal Portugal
Ver comentários
C-Studio