Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Há um ano sem poder ver a filha

Tribunal definiu regime provisório de visitas, em dezembro, mas nunca foi cumprido.
6 de Setembro de 2013 às 01:00
Luís Miguel Matos diz que não consegue viver sem a filha
Luís Miguel Matos diz que não consegue viver sem a filha FOTO: Rui Miguel Pedrosa

Luís Miguel Matos, de 41 anos, está há mais de um ano sem ver ou falar com a filha, de 11 anos. Este pai, a residir em Leiria, diz-se desesperado e, em lágrimas, confessa que estar sem ela é estar "privado da felicidade". Apesar de o Tribunal de Porto de Mós, concelho onde a menina residia com a mãe, ter definido um regime provisório de visitas, em dezembro último, Luís nunca mais esteve com a filha. Prepara-se agora para pedir para si a guarda da criança.

Foi nas férias de verão, em julho de 2012, que Luís esteve com a filha pela última vez. "No dia 4 de agosto de 2012, recebi uma carta registada da mãe a informar-me que tinha ido trabalhar para a Alemanha e que a tinha levado", conta Luís. O casal divorciou-se em 2004, e após vários anos de um processo complicado, com desentendimentos e acusações em tribunal, a situação tornou-se ainda mais dolorosa para Luís Miguel. "Percebi logo que ia ficar sem ver a minha filha", recorda. Avançou com um processo em tribunal, acusando a ex-mulher de subtração de menor e, em dezembro último, foi fixado um novo regime provisório de visitas, que não foi cumprido.

Marques Amaro, advogado de Ana Sofia, explicou que a mulher foi para a Alemanha trabalhar porque "com a crise, foi onde encontrou emprego". Sobre o facto de a menina nunca mais ter vindo a Portugal, apesar da decisão do tribunal, tal aconteceu porque "a mãe não tem dinheiro para as viagens". O advogado assegurou, no entanto, que quando Ana Sofia tiver possibilidades de vir a Portugal "não impedirá o pai de estar com a menina".

Luís Miguel não se conforma com o caso, considerando que a filha está impedida não só de o ver a si, como à restante família. E prepara-se para, já este mês, pedir para si a guarda da filha. "Quero-a a viver comigo", diz.

Luís Miguel Matos Leiria tribunal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)