Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Hepatite B: Macedo acusa empresa de diálise de discriminação

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, acusou esta terça-feira a empresa de diálise NephroCare, que vai encerrar até ao final do mês as salas de tratamento a portadores de hepatite B, de discriminação.
25 de Outubro de 2011 às 17:31
Paulo Macedo deu posse a novos responsáveis do sector da Saúde
Paulo Macedo deu posse a novos responsáveis do sector da Saúde FOTO: Mário Cruz/Lusa

"Parece-nos insólito, não tem base contratual e, independentemente disso, é um acto discriminatório" disse o responsável, acusando ainda a dita empresa de fazer uma pressão “inaceitável” sobre o Ministério da Saúde.

Paulo Macedo definiu como primeira prioridade o tratamento dos doentes, uma tarefa que vai preencher a agenda dos novos conselhos directivos das administrações regionais de Saúde (ARS), que tomaram posse em Lisboa esta terça-feira.

Aos novos líderes das ARS Paulo Macedo deixou uma mensagem de incentivo. A missão, descreve o responsável, tem lugar num contexto de dificuldade e crise económica, em que se exige para 2012 a manutenção da qualidade dos serviços de saúde com grande esforço de contenção orçamental.

“No novo Serviço Nacional de Saúde há mais portugueses com médico de família, mais genéricos, mais cirurgias de ambulatório e fiscalização” descreve o ministro, sublinhando que cabe às ARS executar a política da Saúde e aos seus dirigentes o papel de manter a qualidade e o acesso dos serviços de saúde aos cidadãos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)