Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Hospital da Mealhada sem Urgência

A Urgência e o Serviço de Ortopedia do Hospital da Misericórdia da Mealhada estiveram ontem encerrados devido à demissão da direcção clínica.

24 de Junho de 2009 às 00:30

Luís Teixeira, director demissionário, justificou a saída com "situações de ingerência de pessoal não qualificado na área da saúde que tornaram insustentável a manutenção da direcção clínica e de 78 por cento dos médicos".

João Peres, provedor da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada, entidade proprietária daquele hospital, considera a demissão um "golpe de estado e um abandono dos doentes" uma vez que, alegadamente, a demissão não teve um aviso prévio.

Segundo o hospital, a reabertura de ambas as unidades não tem data marcada. A Administração Regional de Saúde do Centro está a acompanhar a situação.

Ver comentários