Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Hospital de Évora discorda das conclusões de auditoria do Tribunal de Contas

Presidente do Hospital do Espírito Santo de Évora, Maria Filomena Mendes, afirma que as considerações são injustas para os profissionais.
Lusa 23 de Outubro de 2019 às 13:18
Falta de água quente no Hospital de Évora gera queixas de utentes e funcionários
Falta de água quente no Hospital de Évora gera queixas de utentes e funcionários FOTO: CMTV

A presidente do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), Maria Filomena Mendes, discordou esta quarta-feira das conclusões de uma auditoria do Tribunal de Contas (TdC) à unidade hospitalar, considerando que são injustas para os profissionais.

"Não podemos concordar" com as conclusões e recomendações da auditoria e "continuaremos a defender junto das instâncias do Tribunal de Contas o nosso contraditório" no processo, afirmou a presidente do conselho de administração do HESE, em declarações à agência Lusa.

Segundo o TdC, o hospital de Évora nomeou administradores que não reuniam os requisitos legais e regulamentares para o exercício do cargo e efetuou eventuais pagamentos indevidos a médicos com funções de chefia.

TdC HESE Évora Tribunal de Contas Maria Filomena Mendes saúde questões sociais hospitais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)