Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Hospital do Litoral Alentejano reduz visitas

Objectivo é reduzir o número de pessoas na unidade hospitalar.
Joaquim Bernardo 17 de Março de 2020 às 13:27
Hospital do Litoral Alentejano reduz visitas
Hospital do Litoral Alentejano reduz visitas
Hospital do Litoral Alentejano reduz visitas
Hospital do Litoral Alentejano reduz visitas
Hospital do Litoral Alentejano reduz visitas
Hospital do Litoral Alentejano reduz visitas
Devido ao surto de coronavírus Covid-19 que se verifica em Portugal a administração da Unidade Local de Saúde do Alentejo Litoral (ULSLA), que gere o Hospital do Litoral Alentejano e os centros de saúde da região, a implementar novas medidas restritivas no acesso aos seus serviços.

Fonte da ULSLA adiantou ao CM que, em matéria de visitas, a Unidade de Cuidados Paliativos só permite agora a presença de um acompanhante permanente e de uma pessoa das 14h00 às 15h00 e das 18h30 às 19h00.

Já no Serviço de Internamento é permitida uma pessoa das 14h00 às 15h00 e depois das 18h30 às 19h00, enquanto na Unidade de Cuidados Intensivos as visitas estão limitadas a uma pessoa no período das 13h30 às 14h30 e das 18h30 às 19h00.

Na Unidade de Cuidados Intermédios as visitas são permitidas a uma pessoa no período das 14h00 às 15h00 e das 18h30 às 19h00, ao passo que na Unidade de Cirurgia de Ambulatório é permitido um acompanhante por utente.

No Serviço de Urgência os doentes internados podem receber uma visita das 14h00 às 15h00, enquanto no caso dos doentes em contexto de urgência o acompanhante pode permanecer junto do doente até à primeira observação médica, em todas as situações, após a qual aguardará na sala de espera no exterior. A necessidade de acompanhamento das situações especiais pode ser decidida pelo enfermeiro responsável, após observação médica, pelo médico ou enfermeiro.

No que toca às consultas externas e hospital de dia, é permitido uma acompanhante por utente, sendo que nos restantes casos "está interdito o acesso de quaisquer outras pessoas a zonas de doentes, sem autorização prévia expressa obtida no balcão da entrada principal".

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano serve uma população de 100 mil habitantes, residente nos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Odemira e Sines.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)