Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Hospital pede desculpa por ‘matar’ bebé

Hospital assumiu ao CM que se tratou de "um erro de registo no momento da alta clínica".
Rui Pando Gomes e Rafael Domingues 9 de Fevereiro de 2020 às 09:32
Sandra Portela com o filho
Sandra Portela com o filho FOTO: Nuno Alfarrobinha
A mãe do bebé que foi declarado morto pelo Hospital de Faro, apesar de estar vivo, recebeu um pedido de desculpas da administração do Centro Hospital e Universitário do Algarve, que gere a unidade de saúde.

O erro, tal como o CM noticiou este sábado, foi detetado pela mãe da criança, Sandra Portela, quando esta foi com o filho, de dois anos, à Urgência de Pediatria do hospital.

Uma semana depois de o erro ter sido detetado, a família recebeu uma carta da unidade de saúde a lamentar a morte da criança.

O hospital assumiu ao CM que se tratou de "um erro de registo no momento da alta clínica".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)