Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Igreja penhorada por dívida foi vendida por 218 mil euros

Na origem do processo judicial que levou à penhora e leilão está um processo que deu entrada no Tribunal de Bragança, em 2007.
Correio da Manhã 26 de Janeiro de 2022 às 08:47
Igreja leiloada pertencia a uma fraternidade de leigos que estava insolvente
Igreja leiloada pertencia a uma fraternidade de leigos que estava insolvente FOTO: direitos reservados
A Igreja do Convento de São Francisco, em Bragança, foi ontem arrematada por cerca de 218 mil euros, num leilão online. Desconhece-se quem é o comprador.

A igreja, que está classificada como Monumento de Interesse Público – data do século XIII –, pertencia a uma fraternidade de leigos constituída por três pessoas e que se encontra insolvente há vários anos e não responde perante a diocese.

Na origem do processo judicial que levou à penhora e leilão está um processo que deu entrada no Tribunal de Bragança, em 2007, de cobrança de uma dívida por parte de um empreiteiro, que fez obras de restauro do local de culto.

Igreja do Convento de São Francisco Bragança artes cultura e entretenimento questões sociais monumentos
Ver comentários
}