INEM autorizado a realizar despesa de 45 milhões de euros em meios aéreos

Valor será repartido durante os anos de 2018 a 2022.
25.05.17
O Governo autorizou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) a realizar uma despesa de 45 milhões de euros, a partir de 2018 e durante cinco anos, relacionada com meios aéreos de emergência médica.

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, o Governo autoriza o INEM a realizar despesa "com a aquisição dos serviços de disponibilização, locação, manutenção e operação de meios aéreos para a prossecução das missões públicas atribuídas àquele Instituto".

Em causa está um montante total de 45 milhões de euros, isento de IVA, a repartir durante os anos de 2018 a 2022.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!