Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Inférteis têm novo centro em Gaia

Os casais inférteis terão um centro de tratamento nas novas instalações dos Serviços de Procriação Medicamente Assistida do Centro Hospitalar de Gaia/Espinho. O anúncio foi feito, ontem, pela ministra da Saúde, Ana Jorge, na inauguração da nova unidade daquele hospital.
20 de Agosto de 2009 às 00:30
Ministra visita instalações
Ministra visita instalações FOTO: Sónia Caldas

A previsão hospitalar, durante o próximo ano, aponta para 470 casais na primeira consulta, 1072 em tratamento e 365 consultas de procriação medicamente assistida.

Assim, os casais que estão em lista de espera para tratamentos de fertilidade poderão agora vir a ser atendidos em Gaia. "Com as novas instalações haverá melhores condições de funcionamento. Como aqui não há listas de espera, este centro, através de contratualização, recebe casais que estejam noutras instituições em lista de espera", afiançou Ana Jorge.

Este centro já tem a aprovação do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida e trará maior capacidade de resposta ao sector público.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)