Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Investigadores preocupados com impacto climático nos vales dos rios Côa e Douro

Alterações climáticas colocam em risco património histórico, natural e paisagístico.
Lusa 4 de Outubro de 2019 às 20:00
Rio Douro
Rio Douro FOTO: IstockPhoto

Investigadores de universidades portuguesas mostraram-se esta sexta-feira "preocupados e atentos" face à "variabilidade climática" que está a acontecer nos vales dos rios Côa e Douro, porque poderá colocar em risco património histórico, natural e paisagístico.

"Vivemos um processo da variabilidade climática, onde se nota um aumento das temperaturas e menos precipitação média e mais precipitação extrema. Os extremos climáticos provocam um 'stress' adicional, seja térmico ou no processo de erosão dos materiais e do património edificado", explicou à Lusa o investigador Pedro Matos Soares, da Universidade de Lisboa, no decurso de um seminário sobre alterações climáticas que decorreu hoje, no Museu do Côa, em Foz Côa, no distrito da Guarda.

Segundo projeções de investigadores, presentes no seminário "Territórios UNESCO e Alterações Climáticas: desafios e soluções", as alterações climáticas, ao longo deste século, a manter-se o atual cenário, poderão pôr em causa a subsistência dos vales do Côa e do Douro, territórios mais expostos a estes fatores, já que se trata de uma região mais vulnerável.

Côa Douro ambiente meteorologia alterações climáticas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)