Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

IPO de Lisboa limita visitas a doentes devido a coronavírus

Medida entra em vigor por tempo indeterminado.
Lusa 9 de Março de 2020 às 19:21
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
O Instituto Português de Oncologia de Lisboa decidiu restringir, a partir de terça-feira, o horário de visita e o número de visitantes a doentes internados, para reduzir o risco de propagação do Covid-19 naquela unidade hospitalar.

A medida entra em vigor por tempo indeterminado.

Numa comunicação oficial, o Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa) explica que esta medida visa reduzir o risco de propagação do Covid-19 e o risco de eventual infeção nos profissionais e doentes internados, em tratamento ou vigilância.

O IPO Lisboa determina assim que o horário de visita aos doentes internados passa a realizar-se exclusivamente entre as 15:00 e as 18h00 e só é permitida a entrada de uma visita ou acompanhante por doente, sem direito a troca de cartão de acesso.

Eventuais situações excecionais serão avaliadas pelo enfermeiro-chefe de cada serviço.

O IPO Lisboa decidiu ainda limitar a presença de acompanhantes no ambulatório.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 3.800 mortos. Cerca de 110 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países e mais de 62 mil recuperaram.

Portugal regista 30 casos confirmados de infeção, segundo o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado no domingo.

Todos os infetados, 18 homens e 12 mulheres, estão hospitalizados.

A DGS comunicou também que 447 pessoas estão sob vigilância por contactos com infetados pelo novo coronavírus.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)