Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Jorge Jesus é a figura do ano para a redação do CM e da CMTV

Este domingo não perca Especial Ano em Revista, nas bancas com o seu Correio da Manhã.
Correio da Manhã 28 de Dezembro de 2019 às 10:37
Este domingo não perca Especial Ano em Revista, nas bancas com o seu Correio da Manhã
Este domingo não perca Especial Ano em Revista, nas bancas com o seu Correio da Manhã FOTO: Direitos Reservados
FIGURA DO ANO
"Muito orgulhoso por esta distinção"

Chegou, viu e venceu. Na terra do futebol, Jorge Jesus mostrou como se joga à bola, ganhando a admiração e o respeito de todos. É o português do momento, eleito pela redação do CM/CMTV como a figura nacional de 2019.

"É muito importante para mim ser distinguido no domínio da cidadania. Estou muito orgulhoso por me terem escolhido. Hoje, como português emigrante, ainda me sinto mais honrado", confessa Jesus, o mestre da tática, que levou o Flamengo à conquista do Brasileirão e da Taça Libertadores.

O escritor Francisco José Viegas analisa a caminhada triunfal do antigo técnico de águias e leões, que o projetou definitivamente para o patamar dos eleitos. "Jesus percebeu há muito que o futebol não é um desporto mas uma das modalidades da grande ‘arte da guerra’, um desafio mortal e cruel."

Tolentino e Cristina Ferreira no pódio
Doutorado em Teologia Bíblica, passou de padre a cardeal em apenas 467 dias e já há quem o veja como um candidato à sucessão de Francisco. A historia de Tolentino Mendonça pela escrita de Secundino Cunha.

A entrada de Cristina Ferreira nas manhãs da SIC foi o motor de arranque, o combustível, a velocidade cruzeiro que colocou o canal no topo das preferências dos espetadores. Eduardo Cintra Torres conta tudo.

FIGURA INTERNACIONAL
A voz dos miúdos zangados
Faz 17 anos em janeiro, mas parece uma miúda de 12. Greta Thunberg, a ativista sueca que colocou na agenda mediática aquele que será, possivelmente, o combate das nossas vidas, conta hoje com milhões de seguidores em todo o Mundo, na sua maioria jovens como ela. A psicóloga Joana Amaral Dias define-a como "a força imprevisível dos miúdos zangados", num texto em que fala da sua infância, dos seus sonhos, das muitas interrogações que povoam o seu futuro. "Ficará presa numa ecologia fofinha, pompom, no mero apelo ao bem comum?"

A grande vitória do homem do Brexit
Contra todas as previsões, Boris Johnson esmagou nas eleições realizadas este mês no Reino Unido. João Pereira Coutinho explica os motivos da grande vitória e o que se segue.

O salvador da moeda única
O homem que salvou o euro deixou o Banco Central Europeu ao fim de oito anos de presidência, agora ocupada por Christine Lagarde. Miguel Alexandre Ganhão conta como o fez.

ACONTECIMENTO NACIONAL DO ANO
A última vítima do doutor que errou vezes demais
A 7 de outubro nasceu no Hospital de São Bernardo, em Setúbal, um bebé sem rosto – sem nariz, sem olhos, sem metade do crânio. O obstetra Artur Carvalho, que seguiu a gravidez de Rodrigo, nunca viu nada de estranho, sempre disse estar tudo normal. O caso do ‘Doutor Cinco Minutos’, como era conhecido, deixou o País em choque, sobretudo ao perceber-se que Rodrigo não era a única vítima de Artur Carvalho. Já tinham sido feitas várias queixas na Ordem dos Médicos envolvendo casos de malformações de bebés, mas ninguém fez nada.

A socióloga Maria Filomena Mónica recorda o calvário de Rodrigo e a incompetência de um médico que errou demasiadas vezes, sem nunca ser castigado. "Errar é humano e isto também se aplica aos médicos. Mas esta caso é excecional. Durante 20 anos várias foram as queixas apresentadas contra este médico em diversas entidades, mas nenhuma delas se deu ao trabalho de apurar o que acontecera."

As opções de Rui Pinto
Divulgou correspondência eletrónica do Benfica, roubou contratos do Sporting, pirateou escritórios de advogados e estruturas ligadas ao poder do futebol. Apoiado por uns, condenado por outros, Rui Pinto, o hacker mais famoso do País, só tem duas opções: colaborar ou não com a Justiça. Eduardo Dâmaso diz porquê.

Nada funciona nos serviços públicos
Transportes apinhados, hospitais a abarrotar, filas intermináveis para tratar do Cartão de Cidadão. Nunca o cidadão foi tão mal atendido nem tão maltratado nos serviços públicos. Nada funciona. Como se não bastasse, uma responsável governamental ainda veio dizer que a culpa era dos utentes. Paulo João Santos escreve sobre este povo que sofre. Todos nós.

ACONTECIMENTO INTERNACIONAL DO ANO
O clima está a mudar e para pior
O fracasso da Cimeira de Madrid ilustrou mais uma vez a falta de vontade política para tentar travar um problema que nos afeta a todos. Não estranha, pois, que a redação do CM/CMTV tenha eleito as alterações climáticas como o acontecimento do ano. O professor catedrático Viriato Soromenho-Marques, antigo presidente da Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza, explica o que está em jogo e os perigos que espreitam. Além das questões climáticas, outros dois factos internacionais merecem especial referência no ‘Anuário 2019’: a situação na Catalunha e os ‘Coletes Amarelos’, em França. Alfredo Leite e Carlos Rodrigues, respetivamente, fazem o ponto da situação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)