Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Jornalista que fez apelo contra vacinas morreu de gripe A

Comentadora da Fox News, a conservadora de 26 anos foi encontrada sem vida em casa, nos Estados Unidos.
5 de Janeiro de 2019 às 01:30
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos
Jornalista Bre Payton moreu de gripe A aos 26 anos

Bre Payton, uma jornalista norte-americana defensora do movimento antivacinação, morreu a 28 de dezembro em San Diego, nos EUA, vítima de gripe A agravada por uma meningite. Comentadora do canal de televisão Fox News, a morte da conservadora de 26 anos está a provocar uma acesa polémica.

Isto porque Bre era uma convicta apoiante de Trump e as suas opiniões vistas como radicais levaram a que as reações à sua morte por parte de parte da imprensa americana exaltaram algumas das afirmações mais polémicas que fez na Fox e enquanto editora do site Federalist.

Uma dessas afirmações foi uma publicação no Twitter, datada de 2011 (quando Bre tinha apenas 19 anos), em que dizia que as vacinas "são o diabo", em reação a uma campanha de vacinação em curso na Califórnia, onde vivia.




Os seus amigos e familiares lamentam que a sua morte esteja agora a ser politizada e garantem que Bre nunca mais se voltou a pronunciar publicamente sobre vacinas.

Bray Payton Twitter San Diego Fox News H1N1 saúde vacina morre estados unidos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)