Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Jovens à procura de uma profissão

Multiusos mostrou aos estudantes cursos com saídas para o mercado do trabalho. Responsáveis do certame garantem recetividade das empresas.
21 de Abril de 2013 às 01:00


São jovens estudantes com idades entre os 14 e os 20 anos e querem decidir o que fazer no futuro para conseguir vencer no difícil mundo do trabalho. Os cursos profissionais são uma alternativa credível e que têm uma grande recetividade junto das empresas. Durante três dias, cerca de mil alunos de várias escolas do distrito de Aveiro e do Concelho de Gaia foram ao multiusos de Espinho tentar encontrar um rumo profissional.

"O objetivo desta mostra é dar aos jovens opções de ensino com vista a ingressarem no mercado de trabalho", explicou ao CM Américo Costa, diretor pedagógico da Escola Profissional de Espinho, que em parceria com o Externato D. Dinis organizou a primeira Semana Tecnológica que terminou anteontem no multiusos de Espinho.

"Adaptamos os cursos à realidade do mercado de trabalho e desta forma temos uma grande recetividade entre as empresas empregadoras, apesar das dificuldades que nos foram colocadas recentemente pela conjuntura económica difícil", explicou ao CM o responsável.

Entre os jovens há muita curiosidade em perceber junto dos colegas mais velhos qual o melhor curso. "Acredito que Gestão do Ambiente será uma profissão indispensável para o futuro do planeta", disse Lisandra Pinho, de 17 anos. Já Cátia Valença, de 19 anos, optou pela Gestão de Eventos, mas só irá aventurar-se no mercado de trabalho após concluir a universidade. "Quero ser publicitário. Sei que o caminho não será fácil, mas estou disposto a batalhar", contou Rúben Pinheiro, de 20 anos.

profissão espinho alunos estudantes trabalho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)