Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Judiciária passa contas da Ordem a pente fino

Agentes fizeram buscas na sede e levaram documentos.
Sónia Trigueirão 8 de Março de 2017 às 08:45
Graça Machado e José Lopes foram suspensos pela atual bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco
Graça Machado e José Lopes foram suspensos pela atual bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco FOTO: CMTV
A Polícia Judiciária fez ontem buscas na Ordem dos Enfermeiros. Em causa estão crimes de falsificação de documentos, peculato e abuso de poder.

Segundo o Ministério Público, os suspeitos são ex-dirigentes que no âmbito das suas funções, visando obter e conceder vantagens pecuniárias ilícitas, "terão elaborado documentos de conteúdo inverídico e, com base neles, garantido o pagamento de remunerações que não eram devidas por não terem correspondência com serviços prestados, bem como a concessão de outros benefícios pecuniários, causando dessa forma ao Estado prejuízo de milhares de euros".

Estiveram no local 12 inspetores da PJ que efetuaram buscas na sede da Ordem, em Lisboa, e no departamento financeiro e informático. Em conferência de imprensa, a atual bastonária, Ana Rita Cavaco, disse que se tratava de situações "que abarcam vários mandatos".

A vice-presidente, Graça Machado, e o diretor financeiro, José Lopes, que foram suspensos pela atual bastonária, estiveram à porta da Ordem dos Enfermeiros e acusam Ana Rita Cavaco de falsificar quilómetros como forma de aumentar as remunerações de vários elementos.
agentes judiciária pj Ordem documentos enfermeiros
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)