Justiça garante confiar no sorteio dos juízes

Secretária de Estado diz que é preciso ver se há “problema”.
Por Sofia Garcia|20.10.18
"Temos absoluta confiança no sistema e em quem opera no sistema", garantiu esta sexta-feira ao CM a secretária de Estado Adjunta e da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, referindo-se ao sorteio eletrónico que determina a distribuição de processos aos juízes.

À margem da sessão de abertura das Jornadas de Estudo de Solicitadores e Agentes de Execução, promovidas pela Ordem dos Solicitadores e dos Agentes de Execução, em Setúbal, a governante admitiu contudo que as suspeitas levantadas pelo juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal, sobre a fragilidade do sistema informático que a 28 de setembro elegeu Ivo Rosa para dirigir o processo de instrução da Operação Marquês devem ser apreciadas.

"Perante as suspeições que foram lançadas pelo juiz Carlos Alexandre, aquilo que se tem de fazer é averiguar e ver se, de facto, há algum problema. O que posso garantir é que, até hoje, não houve problema algum em termos de distribuição", disse.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!