Liga dos Bombeiros defende que estão a "militarizar estrutura" da ANPC

Jaime Marta Soares lamentou a escolha do coronel da GNR António Paixão para novo comandante.
Por Lusa|29.11.17
O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, lamentou esta quarta-feira a escolha do coronel da GNR António Paixão para novo comandante operacional nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), defendendo que estão a "militarizar a estrutura".

"Assumo frontalmente, enquanto presidente da Liga, que o Governo não está a ter o respeito institucional que deve ter. O Governo e a ANPC não têm tropas, são da sociedade civil, das associações humanitárias de bombeiros e câmara municipais, a ANPC só tem generais e coronéis. Estão a militarizar uma estrutura", disse à agência Lusa.

O coronel da GNR António Paixão vai ser o novo comandante operacional nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), disse esta quarta-feira à Lusa fonte da ANPC.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!