Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Linha amarela do Metro não vai ser encurtada

Presidente da Câmara Municipal de Odivelas anunciou que teve a garantia do Governo de que a linha Amarela do Metropolitano será partilhada com a linha circular, evitando transbordos no Campo Grande.
Lusa 11 de Junho de 2018 às 15:19
Linha amarela do metro no marquês de pombal em Lisboa.
O Metro transpõe hoje pela primeira vez os limites de Lisboa numa viagem experimenal
Comboios já circulam em toda a linha Amarela
Linha amarela do metro no marquês de pombal em Lisboa.
O Metro transpõe hoje pela primeira vez os limites de Lisboa numa viagem experimenal
Comboios já circulam em toda a linha Amarela
Linha amarela do metro no marquês de pombal em Lisboa.
O Metro transpõe hoje pela primeira vez os limites de Lisboa numa viagem experimenal
Comboios já circulam em toda a linha Amarela
O presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Hugo Martins (PS), anunciou esta segunda-feira que teve a garantia do Governo de que a linha Amarela do Metropolitano será partilhada com a linha circular, evitando transbordos no Campo Grande.

A garantia foi dada ao autarca de Odivelas na quinta-feira, no decorrer de uma reunião com o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

Foi-nos assegurado que a linha Amarela não iria ser encurtada e que iria ser partilhada com a futura linha circular, garantindo-se assim que os utilizadores daquela linha não fiquem prejudicados", referiu Hugo Martins à agência Lusa.

O autarca acrescentou também que ainda não estão determinados os moldes dessa partilha.

A Lusa contactou o ministério do Ambiente e foi remetido um eventual esclarecimento para mais tarde.

De acordo com o plano de desenvolvimento operacional da rede, apresentado em maio de 2017, está prevista uma ligação da estação do Rato (atual Linha Amarela) ao Cais do Sodré (Linha Verde), com duas novas estações na Estrela e em Santos.

Contudo, o atual traçado da Linha Amarela, que liga as estações de Odivelas ao Rato, iria, segundo o novo plano, sofrer alterações de percurso, passando a integrar também a estação de Telheiras (Linha Verde).

Assim, segundo o novo plano, a Linha Amarela passará a ligar Odivelas a Telheiras (com desvio no Campo Grande) e as restantes atuais estações que fazem parte desta linha (Cidade Universitária-Rato) passarão a fazer parte da Verde, que irá assumir um trajeto circular.

Essa alteração, que poderá agora ser revista, foi contestada pela Câmara Municipal de Odivelas e motivou um abaixo-assinado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)