Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

"Lisboa está com a Ucrânia, com Kiev": Carlos Moedas anuncia medidas de apoio a ucranianos

Há um endereço de email e uma linha telefónica para ajudar os ucranianos.
28 de Fevereiro de 2022 às 11:23
Carlos Moedas
Carlos Moedas FOTO: Mariline Alves
Carlos Moedas, presidente da Câmara de Lisboa, anunciou esta segunda-feira um plano de medidas de apoio a ucranianos.

O plano está dividido em duas fases. Numa primeira irá ajudar os ucranianos que já estavam em Portugal e que se encontram agora impedidos de voltar ao país, depois da invasão russa à Ucrânia. A segunda fase pressupõe a receção de refugiados ucranianos.

"Lisboa tem de estar preparada antes deles chegarem", afirmou Carlos Moedas. 

O presidente da Câmara de Lisboa anunciou a criação de um centro de acolhimento provisório  e revelou que o refeitório municipal de Monsanto vai estar disponível para servir refeições aos refugiados.

Foram ainda criados um endereço de email e uma linha telefónica para ajudar os ucranianos.
Lisboa Ucrânia Carlos Moedas Kiev política
Ver comentários
}