Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Macário Correia contra atestados

Momentos após ter distribuído medalhas de mérito a 192 funcionários, o presidente da câmara de Faro, Macário Correia, atacou os outros elementos da autarquia que "não querem trabalhar". E ainda os "médicos amigos que lhes passam atestados no momento exacto em que desejam adoecer".
8 de Setembro de 2010 às 00:30
Depois de homenagear e criticar funcionários, autarca inaugurou ruas e praças com nomes de três farenses
Depois de homenagear e criticar funcionários, autarca inaugurou ruas e praças com nomes de três farenses FOTO: Luís Costa

As críticas ferozes aos funcionários públicos aconteceram ontem durante as comemorações do dia da cidade de Faro.

"Arranjam todo o tipo de desculpas e têm o apoio de médicos amigos que lhes passam atestados no momento exacto em que desejam adoecer e com o preciso número de dias e o diagnóstico da conveniência, sem o recurso a exames", disse o autarca.

Macário Correia garantiu ao CM que o atraso organizativo dos serviços "não durará muito mais tempo" e que a solução poderá passar por "processos disciplinares ou mudanças de serviços" na autarquia, onde trabalham mil pessoas.

Após o discurso feroz, o autarca inaugurou um gabinete social e uma creche. Para acabar, homenageou os farenses Francisco Zambujal, professor e caricaturista, Diamantino Barriga, poeta e jornalista, e Hélder Azevedo, fotógrafo e artista plástico, dando os seus nomes a três ruas do concelho. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)