Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Mãe pede ajuda para comer

Morte do marido empurra viúva e os filhos para a miséria. Estão em risco de passar fome.
16 de Dezembro de 2013 às 10:26
Morte do marido empurra viúva e os filhos para a miséria. Estão em risco de passar fome.

Teresa Escada, de 51 anos, ficou viúva há poucos dias e está desesperada. Com um filho de quatro anos para criar e outro de 19 desempregado, os 431 euros de ordenado desta empregada de limpeza, no Hospital de Vila Franca de Xira, não chegam para pôr comida na mesa, pagar a renda da casa e as dívidas do hospital e funeral do marido. João Escada morreu aos 47 anos, vítima de um linfoma maligno que lhe foi detetado no início deste ano.

Só de renda de casa Teresa paga 325 euros por mês. Sobram 106 euros de ordenado. O pequeno Afonso vai ter de sair da creche, para conseguir poupar 70 euros por mês. Mas com isso outro problema se levanta: “Não vou ter onde deixá-lo e se falto ao trabalho, como estou a contrato de três meses, venho para a rua”, lamenta Teresa ao Correio da Manhã.

Para passar os últimos dias de internamento ao lado do marido, Teresa pediu férias. A morar em Vila Franca de Xira, deixou de comer para ter dinheiro para se deslocar diariamente até ao Hospital de São José, em Lisboa. “A minha médica diz que tenho peso a menos. Estou a tomar vitaminas, senão não me aguentava sequer em pé”, conta a viúva.

Até o funeral do marido se transformou numa dívida. Os 1.250 euros da cerimónia fúnebre foram emprestados pela mãe de Teresa. “Era dinheiro que ela tinha para quando o meu pai morresse”, sublinha. Ao hospital e aos bombeiros, Teresa também tem os pagamentos em atraso.

As dívidas somam-se e este ano, com o luto e a falta de dinheiro, a família Escada não vai ter Natal. “A psicóloga disse para eu fazer tudo igual aos outros anos, para o Afonso não sentir tanto a ausência do pai. Mas como é que eu consigo?” – questiona Teresa. Desesperada, a viúva pede que a ajudem a pôr comida na mesa, para que não tenham de passar fome.

cancro pobreza Teresa Escada linfoma maligno funeral João Escada Hospital de São José
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)