Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Mais de 153 mil estão à procura de emprego no Norte

Porto, Gaia e Matosinhos têm 36 564 inscritos nos centros de emprego.
Manuel Jorge Bento 5 de Agosto de 2020 às 08:27
Vila Nova de Gaia é o concelho da região Norte do País com mais cidadãos inscritos nos centros de emprego
Vila Nova de Gaia é o concelho da região Norte do País com mais cidadãos inscritos nos centros de emprego FOTO: Lusa
O número de desempregados subiu 23 por cento em junho, no Norte do País, face ao mesmo mês do ano passado. De acordo com os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), havia, no final do primeiro semestre, 153 548 cidadãos sem emprego na região. Só Vila Nova de Gaia concentra 16 323 inscritos nos centros de emprego. O ‘pódio’ do desemprego inclui ainda o Porto (12 242) e Matosinhos (7999), com Gondomar e Braga a registarem números próximos (7787 e 7613, respetivamente).

O Norte concentrava 37,8 por cento dos desempregados inscritos em todo o País, no final de junho. A pandemia agravou de forma significativa a redução do emprego na região. Também o relatório Norte Conjuntura, divulgado há dias pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional, indicava o aumento deste valor, sendo que, no final de março, o desemprego atingia cerca de 128 mil nortenhos - três meses depois, há mais 25 mil trabalhadores inscritos nos centros de emprego. 


Segundo o IEFP, a maioria dos mais de 153 mil desempregados da região está inscrita há menos de um ano - perto de 94 mil. Há mais mulheres (87 820) do que homens (65 728) à procura de emprego. Na análise por grupos etários, verifica-se que mais de 64 mil dos desempregados têm entre 35 e 54 anos e há também 43 707 que têm 55 ou mais anos.

No Minho, além de Braga, o ‘pódio’ do desemprego inclui também os concelhos de Guimarães (6944 inscritos) e Vila Nova de Famalicão (4933).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)