Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Mais de mil e quatrocentos militares da GNR vão ser promovidos

Progressões de carreira foram anunciadas pelo Ministério da Administração Interna.
Sara G. Carrilho e Miguel Curado 17 de Setembro de 2019 às 08:34
Militares da GNR
GNR
GNR
GNR
Militares da GNR
GNR
GNR
GNR
Militares da GNR
GNR
GNR
GNR
Mais de mil e quatrocentos profissionais da GNR vão ser promovidos, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Administração Interna.

Do total de 1429 homens e mulheres, 1140 serão promovidos na categoria de guardas, 203 na de sargentos e 86 na de oficiais. Ao que o CM apurou, o despacho com as progressões de carreira será publicado em Diário da República no dia 20 de setembro, período a partir do qual as promoções serão aplicadas.

"É eleitoralismo, até porque é uma necessidade institucional que é tardia. Já devia ter ocorrido em 2018 e, ainda assim, o número é insuficiente. Há necessidade de repor as vagas de sargentos que saíram. E estas promoções não preenchem as necessárias. Têm entrado cada vez menos sargentos e guardas na GNR, o que coloca a missão da Guarda em risco. Há cerca de 260 sargentos a menos na GNR", denunciou esta segunda-feira ao CM José Eduardo Lopes, presidente da Associação Nacional de Sargentos da GNR.

O ministério de Eduardo Cabrita referiu, em comunicado, que as promoções ocorrem "no âmbito do esforço contínuo de valorização das carreiras das forças de segurança".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)