Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Mais enfermeiros recusam conduzir

Profissionais de Olhão, S. Brás de Alportel e Loulé juntam-se aos de Portimão, Faro, Silves e Lagoa.
João Mira Godinho 10 de Abril de 2018 às 08:48
Nuno Manjua, do SEP, quer ver cumpridas promessas da ARS Algarve
Enfermeira
Enfermeiros
Nuno Manjua, do SEP, quer ver cumpridas promessas da ARS Algarve
Enfermeira
Enfermeiros
Nuno Manjua, do SEP, quer ver cumpridas promessas da ARS Algarve
Enfermeira
Enfermeiros
Os enfermeiros das Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC) de Olhão, São Brás de Alportel e Loulé informaram a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve que recusam conduzir as viaturas de serviço. Juntam-se aos profissionais das UCC de Faro, Portimão, Lagoa e Silves, que já tinham tomado a mesma decisão, em protesto, depois de a ARS notificar duas enfermeiras para o pagamento de danos nos veículos.

"O presidente da ARS reconheceu que não procedeu da melhor forma e que iria resolver a situação", diz Nuno Manjua, do Sindicado dos Enfermeiros Portugueses (SEP), mas "os trabalhadores aguardam pela concretização escrita e célere dos compromissos", acrescenta.

O sindicato denuncia ainda que, após a recusa de conduzir por parte dos profissionais da UCC Dunas, em Portimão, a direção do Agrupamento de Centros de Saúde do Barlavento "retirou todas as assistentes operacionais da UCC e proibiu- -as de acompanhar as enfermeiras nas visitas domiciliárias". Algo que o SEP classifica como uma "infantil retaliação", que está a causar problemas no funcionamento das unidades de saúde, pois "agora saem para os domicílios duas enfermeiras".

O protesto pretende que a ARS passe a assumir a responsabilidade pelos danos nas viaturas, bem como pela manutenção e limpeza das mesmas. O SEP diz que a notificação das duas enfermeiras para o pagamento foi "a gota de água", pois há muito que se "repetem as queixas dos trabalhadores".

PORMENOR
Viatura em contramão
Em nota enviada à comunicação social, o SEP garante que em São Brás de Alportel uma viatura, "que já tinha sido reportada com problemas, quase provocou um acidente quando entrou descontrolada em contramão".
Ver comentários