Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Mais hospitais a colher órgãos

Todos os hospitais com ventilação assistida são obrigados a fazer colheita.
9 de Dezembro de 2013 às 20:38
Transplante
Transplante

Os hospitais privados que dispõem de ventilação assistida passam a estar obrigados, por uma diretiva comunitária, a colher e a doar órgãos para a transplantação, segundo a Sociedade Portuguesa de Transplantação.

A obrigatoriedade da União Europeia eleva de 34 para 48 o número de hospitais públicos e privados em Portugal com capacidade para integrarem a rede das unidades que doam órgãos para transplantes.

Apesar da entrada em vigor da nova lei, em junho deste ano, nem todas as unidades privadas com capacidade para identificar potenciais dadores de órgãos pediram autorização à Direção-Geral da Saúde para dar início à colheita.

Uma das explicações para esta situação é atribuída ao baixo valor das sanções a aplicar às unidades incumpridoras: 750 euros.

Fernando Macário, presidente da Sociedade Portuguesa de Transplantação, afirma ao Correio da Manhã que o "valor das sanções é muito baixo e os privados devem preferir pagar a contraordenação em vez de suportar os custos das colheitas".

De janeiro a outubro de 2013, houve 237 dadores de órgãos, mais vinte do que em igual período de 2012.

hospitais transplantes órgãos colheita
Ver comentários