Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Manifestação de trabalhadores da Efacec

Protesto em defesa de aumento salarial.
11 de Fevereiro de 2015 às 11:48
Concentração de trabalhadores do grupo Efacec
Concentração de trabalhadores do grupo Efacec FOTO: Fernando Veludo / Lusa

Mais de uma centena de trabalhadores do grupo Efacec concentrou-se esta quarta-feira em frente às instalações da empresa em Leça do Balio, concelho de Matosinhos, distrito do Porto, para reivindicar aumentos salariais.

Na iniciativa, que contou com a presença do líder da CGTP, Arménio Carlos, alguns trabalhadores exaltaram-se e dificultaram a entrada dos carros dos administradores e de outros responsáveis da empresa, gritando palavras de ordem e alguns insultos. "Os trabalhadores sentem-se profundamente injustiçados e discriminados.

Esta é uma empresa que continua a comprar carros novos para os quadros superiores, a distribuir quantias elevadas para prémios para uns ao mesmo tempo que nega o aumento dos salários aos trabalhadores que produzem, criam a riqueza, desenvolvem a empresa e, sobretudo, são uma boa imagem da empresa", disse o líder da CGTP.


A paralisação de duas horas, entre as 08:30 e as 10:30, foi decidida pelos trabalhadores da Efacec Energia (polos da Arroteia e Maia), Efacec engenharia e Sistemas (polos da Maia e Lisboa) e Efacec Electric Mobility.

Os trabalhadores dizem não ignorar que a Efacec "está a viver um momento difícil", porém, há outra realidade com a qual dizem confrontar-se diariamente: "aumento da frota automóvel, proliferação de carros de luxo, cartões de crédito, vias verdes, combustível e planos poupança reforma para os administradores".

grupo Efacec CGTP Arménio Carlos Efacec Energia manifestação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)