Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Manto de neve do Minho ao Alentejo

De Melgaço à Serra de São Mamede, no Alto Alentejo, o dia de ontem foi de frio e neve. Hoje continua o mau tempo.
Ágata Rodrigues, Diogo Martins e Tiago Virgílio Pereira 17 de Janeiro de 2015 às 09:30
O apoio domiciliário não foi travado nas aldeias de Castro Daire
O apoio domiciliário não foi travado nas aldeias de Castro Daire FOTO: Nuno André Ferreira/Lusa

As temperaturas baixas e a chuva pintaram de branco grande parte do território continental. A abundante queda de neve que ontem caiu, sobretudo durante a madrugada e manhã, chegou mesmo a impedir a circulação de veículos nas estradas do distrito de Viseu. Os concelhos mais afetados foram Castro Daire, Cinfães e Resende. Em Vila Nova de Paiva houve escolas encerradas e alunos sem aulas. Também os concelhos de Sernancelhe, Moimenta da Beira e São Pedro do Sul ficaram cobertos de neve.

Mais a norte, a queda de neve provocou entusiasmo mas também muitos problemas. Desde logo, nas escolas: em Boticas, metade dos alunos ficou sem transporte; em Terras de Bouro, os estudantes foram levados para casa ao almoço, e em Montalegre 800 tiveram ‘folga, por segurança’. "Os autocarros não podem circular", explicou David Teixeira, vice-presidente da autarquia. O manto branco afetou o trânsito em Melgaço, Arcos de Valdevez e Ponte da Barca, e no IP4, na zona de Vila Real. Na Serra de São Mamede (distrito de Portalegre) também caíram flocos de neve ao início da tarde, mas não criaram manto. Para hoje, está prevista a continuação de mau tempo, com neve acima dos 800 metros, vento forte e ondas de 5 a 6 metros na costa ocidental.


O Instituto Português do Mar e da Atmosfera revelou que nos últimos dias registaram-se valores altos de pressão atmosférica, com um máximo histórico no dia 9. Um fenómeno que pode levar as pessoas a sofrer de enxaquecas. 

frio neve país
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)