Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Saiba quantos casos de coronavírus há no seu concelho

Pouco mais de um quinto dos concelhos portugueses tem casos confirmados da doença.
Jornal de Negócios 24 de Março de 2020 às 18:46

A Direção Geral de Saúde revelou esta terça-feira, pela primeira vez, a divisão dos casos confirmados de covid-19 por cada concelho do país - mas apenas reportou 54% dos casos confirmados.

Lisboa e Porto, que são os mais populosos do país, são também os que apresentam mais casos e a Maia é o terceiro município com mais de 100 pessoas infetadas com o novo coronavírus.

 

Os dados da DGS permitem também concluir que pouco mais de 20% dos concelhos apresentam pelo menos um caso. São 66 num total de 308.

Contudo, estes dados pecam por defeito, uma vez que a DGS não distribuiu geograficamente todos os casos confirmados que são conhecidos até hoje.

A DGS relatou a existência de 2.362 casos confirmados, mas nas tabelas que inseriu no boletim diário constam apenas 1.287, ou seja, pouco mais de metade do total.

No comunicado enviado esta tarde, a DGS explica que a "informação reportada na caracterização demográfica é relativa a 54% dos casos confirmados".

Apesar dos dados não estarem atualizados à data de hoje, são relevantes para se perceber os concelhos portugueses onde a propagação do coronavírus está a ter maior intensidade. No mapa em cima pode clicar em cada município para ver os dados de cada um.

Taxa de crescimento dos infetados abranda

A DGS revelou hoje que o número de pessoas infetadas em Portugal com o novo coronavírus aumentou para 2.362, um crescimento de 14,7% face a esta terça-feira. Ontem o número de infetados tinha aumentado 28,8% para 2060, pelo que em termos absolutos a subida de casos foi de 302 e a taxa de crescimento baixou para metade.

Quanto ao número de vítimas mortais, são agora 30, sete acima das 23 registadas até ontem.

Verifica-se assim um abrandamento na taxa de crescimento do número de infetados, que está pela primeira vez abaixo dos 20%. O crescimento do número de mortos também é inferior a ontem, quer em variação absoluta (sete contra nove), quer em percentagem (30% contra 64%).

Segundo o boletim diário da DGS, há oito mortos na região de Lisboa e Vale do Tejo, 11 no centro, 9 no Norte e um no Algarve. Há também agora uma vítima mortal a lamentar nos Açores. Entre as 30 vítimas mortais, 11 têm mais de 80 anos, 14 entre 70 e 79, 1 entre 60 e 69, dois entre 50 e 59 e 1 entre 40 e 49. 

Tendo em conta o número de infetados e de vítimas mortais, a taxa de letalidade está em 1,3%, contra 1,1% ontem. 

O número de casos suspeitos aumentou para 15.474 (ontem estava abaixo de 14 mil) e 1.783 pessoas aguardam resultados de testes laboratoriais. Existem apenas 22 casos recuperados (14 ontem).

Direção Geral de Saúde Lisboa DGS saúde doenças ambiente questões sociais limpeza de guerra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)