Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Marchas dizem adeus ao pavilhão

É com os tradicionais gritos de inventivo "Ié, Ié, Ié" e "A marcha é linda" que as claques recebem no Meo Arena as últimas marchas populares a concurso.
8 de Junho de 2014 às 22:00
marchas, lisboa, festas, Meo Arena, Mercados, Lumiar, Mouraria, Campolide, Benfica, Alcântara, Bica, Alfama
marchas, lisboa, festas, Meo Arena, Mercados, Lumiar, Mouraria, Campolide, Benfica, Alcântara, Bica, Alfama FOTO: João Miguel Rodrigues

Com público vibrante nas bancadas, os marchantes afinam, nos bastidores, os últimos pormenores antes da entrada no pavilhão, onde o júri espera para uma primeira avaliação.  

GRAÇA

Abre a última das três noites de exibições com o tema “A Graça namora no miradouro”, à volta de Dona Rosa e do Sr. Cravo. Com figurinos em tons de dourado vermelho e verde, a marcha leva o miradouro da Graça nos arcos.

CASTELO

É a vez do Castelo, que mostra antigas profissões no bairro. Este ano, dá vida a varinas e peixeiros. Não faltam os tradicionais pregões e as canastras onde se levava o peixe. A marcha dança o vira e nos arcos mostra as ameias do castelo.

BELÉM

Bairro ribeirinho, a beijar o Tejo, Belém mostra as suas raízes com o tema “Varinas de Lisboa”. De rosa, salmão e verde vestida, a marcha faz uma homenagem às varinas e também leva os barcos da faina marítima.

CARNIDE

Apresenta-se com o tema “Só tu Lisboa”, onde presta homenagem à cidade. Os elementos que fazem parte da história do bairro estão presentes nos arcos, sob forma de espigas de trigo e flores. Há também arcos com corações, a princípio brancos e que mudam de cor para vermelho, com recurso a LED.

BEATO

Com o tema “Às janelas da saudade chegam pregões desta cidade”, a marcha vai de azul, roxo e dourado vestida, mostrando antigas profissões, jogos populares e pregões.

MADRAGOA

“Madragoa, Morena de Lisboa” é o tema. Este ano, a marcha inova: não dança o vira. Apresenta-se com fidalgos e escravos e até mostra o candomblé.

ALTO PINA

Encerra a última noite de exibições a marcha do Alto do Pina, com o tema “Alto do Pina enfeitado de sardinheiras”. Carlos Mendonça, o ‘Mourinho das Marchas’, entretanto retirado das funções de ensaiador, assina o figurino e cenografia.

Terminadas as exibições no Meo Arena, e já com a primeira parte da pontuação atribuída, mas ainda no segredo dos deuses, é agora tempo das marchas a concurso reverem as suas exibições e prepararem-se para o grande desfile na avenida da Liberdade, na noite de Santo António (12 para 13). É aí que, novamente sob o olhar atento do júri,  se jogam os últimos trunfos.

marchas lisboa festas Meo Arena Mercados Lumiar Mouraria Campolide Benfica Alcântara Bica Alfama
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)