Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Marinho Pinto: " As universidades abandalharam o ensino do direito"

O bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho Pinto, garante que a culpa dos chumbos nos exames de acesso à profissão é dos cursos de direito, que não têm qualidade.
9 de Abril de 2012 às 11:40
António Marinho e Pinto
António Marinho e Pinto FOTO: Tiago Sousa Dias

As suas declarações surgem na sequência da divulgação dos resultados do exame final para acesso à profissão, no qual 518 dos 885 estagiários reprovaram.

Apesar dos chumbos chegaram aos 59 por cento, Marinho Pinto não se mostrou surpreendido.

“Esse número não me espanta, ou melhor, espantar-me-ia até por haver 41 por cento de aprovados, porque a maioria das pessoas que se candidata à Ordem dos Advogados não são sequer admitidos para estágio, porque o Estado não os deixa entrar. Não estão preparados pelas universidades para exercer uma profissão”, afirmou o bastonário, em entrevista à TSF.

Marinho Pinto foi ainda mais assertivo nas suas palavras, garantindo que os licenciados pós-Bolonha “estão mal preparados, as universidades mercantilizaram o ensino do direito, as universidades abandalharam o ensino do direito e estou a falar de universidades privadas e públicas, organizaram os cursos de acordo com as conveniências económicas das universidades e o resultado está à vista”.

exame Ordem dos Advogados Bastonário Marinho Pinto universidades ensino direito chumbos reprovados
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)