Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Mário Nogueira vai regressar à escola

Dirigente descarta outros cargos e volta a dar aulas em 2022.
Bernardo Esteves 14 de Junho de 2019 às 01:30
Mário Nogueira acredita que o PS vai ficar muito longe da maioria absoluta
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira acredita que o PS vai ficar muito longe da maioria absoluta
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira acredita que o PS vai ficar muito longe da maioria absoluta
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira,  secretário-geral da Fenprof
Mário Nogueira é reeleito este fim de semana como secretário-geral da Federação Nacional de Professores (Fenprof), uma vez que é candidato único, mas depois do próximo mandato de três anos vai abandonar a maior estrutura sindical de docentes, a qual lidera desde 2007.

"Este será o último mandato enquanto secretário-geral da Fenprof", garantiu, em entrevista à Lusa.

Nogueira terá 64 anos quando terminar o último mandato e garante que depois vai regressar à escola.

"Não quero ser dirigente de nenhum partido, não quero ser dirigente de uma central sindical", disse, acrescentando: "A única coisa que é minha profissão é ser professor, e é assim que sou sindicalista e dirigente sindical do setor. Depois, quando acabar, o meu mandato é a minha escola, que é ali em frente à minha casa, em Coimbra".

Nogueira é professor do 1º ciclo e admite que depois de anos afastado do ensino vai precisar de um período de adaptação.

O sindicalista admite que a não aprovação da recuperação integral do tempo de serviço congelado pesou na decisão de recandidatar-se. "Não irei encostar agora. Ainda estarei 3 anos, que serão de muita luta", afirmou ao CM.

Nogueira frisou que os professores "foram os únicos que tiraram o Governo do sério" e vaticinou que o PS "vai ficar muito longe da maioria absoluta".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)