Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Mau tempo deixa rasto de destruição na Madeira

Águas lamacentas arrasaram a Ribeira Grande, em Machico, deixando um carro capotado.
João Fernandes 8 de Janeiro de 2021 às 08:27
Mau tempo provoca destruição na Madeira
Mau tempo provoca destruição na Madeira FOTO: CMTV
Uma força destrutiva, de águas lamacentas, arrasou esta quinta-feira a Ribeira Grande, em Machico. De tal forma que rails acabaram arrancados do alcatrão e vários carros sofreram extensos danos - um ficou mesmo capotado.

A tragédia só não foi maior “por cinco minutos”, contou ao CM o dono da viatura. “Tinha chegado a casa há uns cinco minutos, ainda ouvi o barulho, agarrei nas chaves do carro e fui a correr, mas já não o vi. Já tinha sido levado pelas águas. Por um lado, ainda bem. Se não, ainda tinha ido eu e o carro”, explicou o morador, que está desempregado e não sabe como irá conseguir substituir o veículo: “Do carro não se aproveita nada.”

Segundo o presidente da Câmara de Machico, Ricardo Franco, verificaram-se “danos na via pública, em viaturas, num terreno agrícola e em duas arrecadações”. Uma das zonas mais preocupantes era ainda a freguesia de Porto da Cruz, onde “muitas derrocadas causaram obstrução de estradas”, relatou o autarca. O Governo da Madeira entrou em “alerta máximo” referindo que, além de Machico, os concelhos mais afetados são São Vicente, Porto Moniz e Santana. Durante a tarde, houve mesmo necessidade de encerrar as escolas no Norte da ilha. O aeroporto da Madeira sofreu constrangimentos - alguns voos foram cancelados ou divergiram. Num balanço feito ao início da noite, a Proteção Civil (PC) reportou 34 ocorrências, sobretudo derrocadas, quedas de árvores ou inundações. Ainda de acordo com a PC, não se registaram feridos.
Madeira Ribeira Grande Machico PC meteorologia política autoridades locais economia negócios e finanças
Ver comentários