Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Médico faz greve de fome

Gilson Alves, médico interno da especialidade do Serviço de Cirurgia Cardiotorácica do Hospital de São João, no Porto, inicia segunda-feira uma greve de fome em protesto por a administração o ter posto num gabinete sem qualquer função.
27 de Junho de 2009 às 00:30
Gilson Alves contesta horários
Gilson Alves contesta horários FOTO: João Carlos Malta

O médico, a trabalhar no hospital desde 2007, irá realizar a greve de fome no gabinete, onde pretende permanecer 24 sobre 24 horas. Ao CM, explicou que foi afastado dos doentes por ter criticado os "horários desumanos" (72 horas em 4 dias). A administração instaurou-lhe um processo disciplinar.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)