Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Médicos de Saúde Pública pedem "algumas cautelas" à população devido à Covid-19

"A pandemia ainda não acabou, temos ainda uma incidência em crescendo, com particular destaque em Lisboa e Vale do Tejo", advertiu presidente da associação.
Lusa 11 de Junho de 2021 às 17:49
Vacina contra a Covid
Vacina contra a Covid FOTO: Getty Images
A Associação de Médicos de Saúde Pública apelou esta sexta-feira à população para ter "algumas cautelas" em celebrações familiares e noutros contextos, lembrando que a vacina contra a Covid-19 não é "100% eficaz" e que a "pandemia ainda não acabou".

"A pandemia ainda não acabou, temos ainda uma incidência em crescendo, com particular destaque na região de Lisboa e Vale do Tejo, que não podemos ignorar", advertiu o presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, em declarações à agência Lusa a propósito do aumento do número de casos e de internamentos por Covid-19.

O número de internamentos e de contágios tem vindo a registar nos últimos dias um aumento, sobretudo na região de Lisboa e Vale do Tejo. A região de Lisboa e Vale do Tejo registou 274 novos casos nas últimas 24 horas, o que representa 52,7% por cento do total nacional.

Ver comentários