Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Médicos eficientes vão ganhar mais

Ministra diz que “dedicação plena” é diferente da exclusividade.
Edgar Nascimento 6 de Janeiro de 2020 às 08:08
Urgências
Urgências FOTO: Direitos Reservados
A ministra da Saúde garantiu este sábado que os médicos e os serviços mais eficientes serão recompensados e que a "dedicação plena" ao Serviço Nacional de Saúde prende-se com uma "forma diferente de trabalhar" e não de exclusividade.

Em entrevista à TSF, Marta Temido explicou que os "incentivos associados às eficiências conquistadas" poderão estar relacionados com a "diminuição das listas de espera, produção adicional, respostas mais integradas, garantia de que as consultas são realizadas com hora marcada". Já sobre a reabertura da Urgência Pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, Marta Temido afirmou que será feita "no primeiro trimestre" deste ano. 

Questionada sobre o futuro do Hospital de Vila Franca de Xira, a ministra explicou que "não há tempo útil para preparar um novo concurso", pelo que o caminho será a "internalização" da unidade no Estado. Já em relação ao Hospital Beatriz Ângelo (Loures), "a decisão de renovação ou lançamento de uma nova parceria ou de internalização tem de ser comunicada até dia 18 deste mês".

Marta Temido abordou ainda a carência de profissionais e desmentiu os números avançados pelos sindicatos. "Não creio que sejam precisos 20 mil enfermeiros. Dos 8400 profissionais (que vão ser contratados este ano pelo SNS), cerca de 1000, 1100 poderão ser enfermeiros."
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)