Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Menino cai na escola e fica em estado grave

Aluno da primeira classe disse aos amigos que ia dar cambalhota e desequilibrou-se.
16 de Março de 2014 às 13:18
Manuel Sá, vizinho da escola, foi quem ligou para o 112 a pedir socorro para a criança que caiu na escola de Palme
Manuel Sá, vizinho da escola, foi quem ligou para o 112 a pedir socorro para a criança que caiu na escola de Palme FOTO: Secundino Cunha

Um menino de seis anos, aluno do primeiro ano da Escola Básica do Primeiro Ciclo de Palme, em Barcelos, está internado, em estado grave, no Hospital de São João, no Porto, devido a uma queda de quatro metros sofrida, na passada sexta-feira, nas escadas interiores do edifício.

Ao que o CM apurou, o menino, Duarte Eiras Sousa, disse aos colegas que ia dar uma cambalhota, junto ao corrimão do pátio de acesso às salas de aula, no primeiro andar, mas, ao tentar fazê-lo, desequilibrou-se e caiu de cabeça no mosaico do rés-do-chão.

"O menino ficou com a cabecinha toda partida. Os médicos do INEM disseram que conseguiram mantê-lo com vida, mas também disseram que ele tinha de ser operado com a máxima urgência", disse ao CM Manuel Sá, que mora junto à escola e que foi quem ligou para o 112 a pedir socorro. O acidente aconteceu às 14h45, logo a seguir ao almoço, numa altura em que ainda decorria o recreio. O pequeno Duarte foi transportado para o Hospital de Braga, onde foi operado, mas ao final da tarde, e devido à gravidade das lesões, foi transferido para o Hospital de São João, no Porto.

Contactada pelo CM, fonte da unidade portuense disse que a criança se encontra internada na unidade de cuidados intensivos de pediatria e com prognóstico reservado".

A aguardar por "um milagre", os pais do menino têm passado os dias, desde sexta-feira, na sala de espera do Hospital de São João.

menina barcelos estado grave
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)