Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Menino sofre de tumor raro

João tem um tumor no cérebro e já foi submetido a tratamentos de quimioterapia
11 de Novembro de 2013 às 20:12
Andreia Oliveira, com o filho João Dinis, mantém a esperança de encontrar um tratamento
Andreia Oliveira, com o filho João Dinis, mantém a esperança de encontrar um tratamento FOTO: Diogo Ribeiro

João Dinis tem cinco anos e uma longa história para contar. Há cerca de ano e meio que surgiram os primeiros sintomas daquele que mais tarde seria diagnosticado como um tumor raro no cérebro. João Dinis é, assim, a única criança diagnosticada com este tipo de tumor em Portugal.

Depois de duas operações, de tratamentos de quimioterapia e de radioterapia, não há mais nada que possa ser feito no nosso país. "Em Portugal já não lhe fazem mais nada. A opção era o Dinis ir para casa com um tratamento de quimioterapia durante dois meses ou até dar, e isso para nós não é solução", explica a mãe, Andreia Oliveira. A família, de Pinhal Novo (Palmela), decidiu procurar alternativas no estrangeiro.

A resposta chegou da Alemanha: um tratamento experimental, a nível da sinalização das células dendríticas, é a esperança para a cura. A família já iniciou o processo, mas no caminho estão os impedimentos financeiros. Até agora conseguiram angariar 20 mil euros, mas são precisos cerca de 50 mil para todas as despesas. "É uma questão de manter a esperança e de esperar", diz Andreia. O objetivo final é a cura de Dinis.

João Dinis tumorm cancro cérebro quimioterapia cérebro
Ver comentários