Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Milhões em café de aldeia

"Foi uma alegria muito grande. Quando me ligaram da Santa Casa fiquei radiante". Com um sorriso rasgado, Pedro Melo, dono do café de Mogege, Vila Nova de Famalicão, onde foi registado o boletim vencedor do prémio de terça-feira do Euromilhões, exibia ontem o cartaz onde se lia "Saiu aqui o 1º prémio do Euromilhões". O dono dos 15 milhões ainda não reclamou o prémio.
15 de Março de 2013 às 01:00

"Ainda não sabemos quem é o vencedor e provavelmente nunca saberemos", referiu Pedro Melo, sublinhando que na freguesia existem muitas fábricas e que "há muita gente de fora a registar aqui o Euromilhões".

Ainda assim, o dono do café, que já tinha dado dois primeiros prémios do Totoloto, não esconde que gostava que o primeiro Euromilhões que sai no seu estabelecimento ficasse na aldeia. "Ficava feliz se fosse para alguém conhecido", revela.

Em apenas cinco dias é a segunda vez que o sorteio calha em Portugal, depois de na sexta-feira, uma apostadora de Marco de Canavezes ter ganho 51,6 milhões de euros, num boletim registado na Póvoa de Varzim, com uma aposta de apenas quatro euros. Para hoje, o 1º prémio vale 15 milhões de euros.

famalicão café euromilhões prémio dono boletim jogo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)