Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Milionária foi rezar a Fátima

A empregada de limpeza, de 54 anos, que ganhou 51 milhões de euros no Euromilhões, deixou a casa em Marco de Canaveses, com a família, e está em parte incerta. Recentemente deslocou-se ao Santuário de Fátima para agradecer o prémio a Nossa Senhora, juntamente com o companheiro e os dois filhos.
17 de Março de 2013 às 01:00
Amélia é viúva desde os 23 anos. Para breve, está agendado o casamento, que será de arromba. A vida de contar os tostões terminou, para ela e para os filhos. "Não iremos trabalhar mais", diz, acrescentando que gastou 700 euros a vestir o companheiro com roupa de marca. Em breve, irão comprar carros de alta cilindrada e casas.

Para trás, fica uma vida de pobreza. Os filhos estavam ambos desempregados, e a casa da milionária já estava à venda para que a família não passasse fome. Amélia viveu uma vida de trabalho: "Vendi peixe descalça, cosi roupa, vendi roupa e cortei mato. Agora tudo é diferente. A minha neta será uma princesa do Mundo", disse à SIC.

Segundo o filho, a família permanece escondida para não ser incomodada por pessoas a pedirem dinheiro.

No passado dia 8 de março, com o boletim milionário, tudo mudou. "Quando soube do prémio, gritei e disse ‘ai meus filhos, já não preciso de vender a casa", contou.

Mãe e filhos partiram de férias para o Algarve poucos dias após o sorteio, depois foram a Fátima e agora estão desaparecidos.
euromilhões milionária fátima prémio empregada
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)