Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Milionário declarado pai de menino de oito anos

Comendador António Silva Rodrigues recusou quatro vezes submeter-se ao teste de ADN.
Nelson Rodrigues 24 de Dezembro de 2017 às 07:34
António da Silva Rodrigues tem uma fortuna de 1038 milhões de euros
António da Silva Rodrigues
Amanda Carvalho
Casa do milionário fica em Ul, Oliveira de Azeméis
António da Silva Rodrigues tem uma fortuna de 1038 milhões de euros
António da Silva Rodrigues
Amanda Carvalho
Casa do milionário fica em Ul, Oliveira de Azeméis
António da Silva Rodrigues tem uma fortuna de 1038 milhões de euros
António da Silva Rodrigues
Amanda Carvalho
Casa do milionário fica em Ul, Oliveira de Azeméis
O comendador António Silva Rodrigues, considerado o quinto homem mais rico de Portugal, recusou submeter-se ao exame de ADN por quatro vezes. Em virtude da falta deste teste, o Tribunal de Família e Menores do Porto declarou o milionário de Oliveira de Azeméis oficialmente pai de um menino de 8 anos - filho de uma brasileira que alega ter mantido uma relação com o empresário entre 2001 e até 2009, altura em que o dono da empresa Simoldes era casado.

Na base da decisão do juiz esteve o facto de o comendador, de 75 anos, e que tem uma fortuna avaliada em 115 milhões de euros, nunca se ter preocupado em comprovar ao tribunal que não era o pai do menor. António Silva Rodrigues tinha o ónus de provar que não manteve relações sexuais com a brasileira Amanda Carvalho, de 40 anos, ou, se as manteve, de atestar que utilizou meio contracetivo ou, até, que já não era fértil à data da conceção do bebé - que, de acordo com a mulher, terá ocorrido em dezembro de 2009.

Esta decisão do juiz, que pode ser alvo de recurso da parte do comendador, baseou-se ainda no depoimento de Amanda Carvalho, considerado credível, e no qual são descritos vários pormenores da relação extraconjugal.

O comendador sempre negou conhecer Amanda e assumiu que apenas aceitaria submeter-se ao teste de recolha de vestígios biológicos, no Instituto de Medicina Legal, se a brasileira conseguisse provar que, efetivamente, se conhecem.

PORMENORES 
Confirmou o processo
Há dois anos, o comendador confirmou ao CM a existência do processo de paternidade mas, desde então, nunca mais quis comentar o caso. Ontem o CM tentou, sem sucesso, contactar Amanda Carvalho, que vive atualmente no Brasil com o filho de oito anos.

Concebido num hotel
O menor terá sido concebido no hotel Sheraton, no Porto. A unidade hoteleira confirmou, no processo, a presença da brasileira no final de dezembro de 2009 e que o pagamento foi feito por uma empresa ligada à Simoldes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)